Haras Dourados, Mato Grosso do Sul

Aprenda como cuidar do descanso dos cavalos. O autor explica como receber os animais competidores em haras em fazendas. "Os cavalos soltos ficam longos períodos sob sol forte de verão, principalmente se não existirem sombras, e conseqüentemente vão ter mais sede. Se seu cavalo passar sede no piquete pode voltar das férias muito mais estressado que antes", ele alerta

Fazendinha Pet Shop
(67) 3381-9794
avenida Bandeirantes, 3293, Vila Nova Bandeirantes
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Scooby-doo Pet Shop
(67) 3026-7061
r Ouro Verde, 970, Pd Vila Marcos Roberto
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Escritório Veterinário
(67) 3324-5858
avenida Calógeras, 784,Centro
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Happy Dog Pet Shop
(67) 3383-5002
r Rui Barbosa, 3083, Centro
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Raça Medicina Veterinária
(67) 422-6623
r Hilda Bergo Duarte, 695, Jardim Caramuru
Dourados, Mato Grosso do Sul
 
Laboratório Veterinário São Francisco
(67) 3321-3998
r Joaquim Murtinho, 505, Centro
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Cãopanhia Pet Shop
(67) 3383-2808
r Br Rio Branco, 1442, São B Centro
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Consultório Veterinário Turma do Cão
(67) 3325-2880
avenida Salgado Filho, 362, Vila Bandeirantes
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Centrovet Centro Médico Veterinário Ltda
(67) 3321-0262
r 13 Junho, 1595, Vila Ilgenfritz
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Dutra Com Prod Agrícolas Ltda
(67) 424-3334
r III, 3, Jardim Itaipu
Dourados, Mato Grosso do Sul
 
Dados Divulgados por

Haras

Editoria: Vininha F. Carvalho21/12/2007

Os cavalos necessitam de cuidados especiais durante as férias

Após um ano intenso com muitas competições é chegada a hora das férias. Nesse momento geralmente os cavalos são levados para haras ou fazendas, para realmente passar por um período de relaxamento.

Nem todo cavalo pode ser solto em piquetes assim que chega no haras. Muitos deles precisam de um período de adaptação, caso contrário ficam muito afoitos e aumentam os riscos de lesões ou até mesmo problemas mais sérios por desgaste excessivo.

Portanto, para os cavalos que permanecem nas baias, é importantíssimo garantir a ingestão de volumosos em quantidades adequadas. Por exemplo, se estivermos utilizando feno, deve-se fornecer pelo menos 2% do peso vivo ao dia, sempre que possível oferecer feno de boa qualidade, caso contrário à ingestão fica limitada. Se isto ocorrer, o cavalo pode começar a comer estrume devido à deficiência de fibra na dieta. A qualidade do volumoso é o fator de maior importância na nutrição eqüina e isto passa muitas vezes desapercebido.

Se o cavalo está solto em piquetes, é importante assegurar que há capim de boa qualidade em quantidade suficiente para alimentá-lo. Caso contrário recomenda-se fornecer feno nos piquetes também.

Em relação à ração, existem algumas opções. Muitos proprietários acabam optando por mudar de ração, ou nem mesmo se preocupam com o tipo de ração fornecida no local onde o cavalo passará suas férias. Isto não é recomendável, pois aumenta a probabilidade da ocorrência de cólicas.

Os cavalos em repouso não queimam grande quantidade de calorias como no período de treinamento. Portanto, a ingestão de calorias deve ser reduzida. Isto significa que devemos reduzir a quantidade de ração e preferencialmente usar a mesma ração que o cavalo se alimenta durante o ano todo.

Em compensação, é estritamente necessário aumentar a quantidade de volumosos, seja feno ou capim fresco, pois caso contrário pode ocorrer deficiência de fibra na dieta, como mencionado anteriormente.

Nesse momento é muito importante que se faça uma análise do cavalo para saber quanto se deve diminuir a quantidade de ração. Existem animais que mantém o peso facilmente durante o ano “Easy keepers” e outros que perdem peso. Normalmente é recomendado que se reduza de 25 a 50% da quantidade fornecida normalmente.

Outro fator muito importante é a água. Deve estar sempre limpa e abundante. Algumas vezes a água é colocada em baldes nos piquetes e a reposição é feita manualmente. Neste caso a atenção deve ser redobrada.

Os cavalos soltos ficam longos períodos sob sol forte de verão, principalmente se não existirem sombras, e conseqüentemente vão ter mais sede. Se seu cavalo passar sede no piquete pode voltar das férias muito mais estressado que antes, com vícios ou “manias”, magro e até mesmo com patologias desenvolvidas em conseqüência do estresse prolongado.

Procure um especialista para maiores informações...

Fonte: Dr. Marcelo Silva - Socil / SKS Promoções

Clique aqui para ler este artigo na Animalivre