Como escolher seus alimentos no restaurante self-service São Paulo, São Paulo

Aprenda a selecionar os alimentos no restaurante self-service. A endocrinologista Ellen Simone recomenda um programa alimentar para quem pretende perder peso e garantir o paladar. Ela também descreve a combinação de alimentos que fornecem energia e ajudam o metabolismo a funcionar melhor.

Donavilla Restaurante e Pizzaria
(11) 2954-8841
av Cerejeiras, 41 Jardim Japão
São Paulo, São Paulo

Dados Divulgados por
Af Oliveira Restaurante
(11) 5012-5521
av Eng Armando Arruda Pereira, 648 Jabaquara
São Paulo, São Paulo

Dados Divulgados por
La Cazzarola Restaurante e Pizzaria
(11) 5668-7480
av Papini, 159
São Paulo, São Paulo

Dados Divulgados por
Restaurante Daisho
(51) 3028-0196
av João Obino, 345, Petropolis
Porto Alegre, Rio Grande do Sul

Dados Divulgados por
Paparicos Serviço de Buffet e Restaurante
(11) 3813-3123
r Medeiros de Albuquerque, 338 Jardim Das Bandeiras
São Paulo, São Paulo

Dados Divulgados por
Barnabé Restaurante & Cachaçaria
(11) 2242-2435
prç Comandante Eduardo de Oliveira, 147 Parque Edu Chaves
São Paulo, São Paulo

Dados Divulgados por
Badejo Restaurante
(11) 5055-0238
Alameda dos Jurupis, 813 Indianópolis
São Paulo, São Paulo

Dados Divulgados por
Acustico Bar Restaurante Ltda
(11) 3031-5620
r Agissê, 195 Jardim Das Bandeiras
São Paulo, São Paulo

Dados Divulgados por
Aldeia da Villa Bar e Restaurante
(11) 2978-5564
uiz Dumont Villares, 628 Jardim São Paulo - Zona Norte
São Paulo, São Paulo

Dados Divulgados por
Hongané Restaurante
(11) 3758-0502
Morumbi, 6774 Morumbi
São Paulo, São Paulo

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Como escolher seus alimentos no restaurante self-service

Fornecido por:

1.) Inicie com uma salada bem variada de folhas e legumes, atente-se para ocupar metade do prato, ficando a outra metade reservada à uma opção de carboidrato (arroz, batata ou massas), proteína (soja, peixe, frango ou carne vermelha) e leguminosa (feijão, grão de bico, ervilha ou lentilha). Não é recomendável se servir duas vezes.

2.) As proteínas de origem animal são sempre bem vindas, principalmente as opções menos gordurosas, uma vez que esses alimentos trazem consigo a maior parte da gordura da refeição. Diferente do que pensam muitas pessoas, elas são ricas em calorias. Peixe, frango ou carne, o que importa mesmo é a escolha da carne mais magra. Porém, cuidado com as formas de preparo. Também, evite os molhos gordurosos como o madeira e o estrogonofe, as frituras, principalmente, empanadas como o peixe a doré, o bife à milanesa e as diversas preparações de frango recheadas com farofa, bacon e...

Clique aqui para ler este artigo na Minha Vida