Como aumentar a Qualidade de Vida São Paulo, São Paulo

Uma das formas de aumentar sua qualidade de vida é através de uma higiene mental.Os psicólogos reforçam esta idéia de destinar um tempo para cuidar de si, seja através da psicoterapia ou outras ações que remetam ao olhar interno.O importante é refletir sobre nossos atos,meditar e praticar concentração.

Wilson Alves Instalações Elétricas
(11) 8542-8750
Rua Padre Marcelino Duarte, 47
São Paulo, São Paulo
 
Fiori Instalações Elétricas
(11) 3902-4869
Rua Baltazar Pereira 123
São Paulo, São Paulo
 
Coeletrica Montagem Eletrica
(11) 2554-8363
Rua João Gonçalves Ribeiro 262 fds
São Paulo, São Paulo
 
Mantene Reparos 24 Horas
(11) 3241-2566
Rua Santo Amaro 347 lj 11
São Paulo, São Paulo
 
Elétrica Hidráulica Goiás
(11) 5182-7313
Rua Inácio Borba 488
São Paulo, São Paulo
 
Daniele Antonietti Bento
(11) 3537-0216
Rua Arraial do Bonfim 12 c 2
São Paulo, São Paulo
 
Diorandi da Silva
(11) 3916-6343
Avenida Felippo Sturba 449
São Paulo, São Paulo
 
Eletricista Renilson Tatuapé
(11) 2097-1114
Rua Governador Menezes, 46
São Paulo, São Paulo
 
Silva & D'arc Eletricidade
(11) 2023-0809
Rua Sartório 15 c 2
São Paulo, São Paulo
 
Encanador Eletricista Caravelas
(11) 5574-0652
Rua Caravelas 169
São Paulo, São Paulo
 

Como aumentar a Qualidade de Vida

Cada vez mais fica evidente a necessidade de realizar um balanço pessoal periódico. As culturas orientais há muitos séculos pregam a importância de olharmos nossos atos e refletirmos sobre suas consequências, meditarmos e praticarmos a concentração.

Os psicólogos também reforçam esta idéia de destinar um tempo para cuidar de si, seja através da psicoterapia ou outras ações que remetam ao olhar interno. Os místicos diriam sobre a relevância de um período sabático e assim por diante.

Nos workshops e palestras que realizo em todo Brasil, vejo as pessoas vivendo para cumprir as metas que a empresa determina, mas pouco com as metas que elas determinaram para si próprias. Se é que sabem quais são. Nas conversas informais ouço relatos sobre como são orientados para resultados, produtividade e qualidade, como precisam agir para atingir o topo da organização e etc.

Na contramão de toda esta agitação por metas, resultados e alta competitividade deixo uma reflexão: já não está na hora de dar um tempo para si mesmo?

Se as pessoas continuarem neste ritmo certamente terão menos qualidade de vida; menos tempo com as pessoas que amam e escolheram para viver; menos capacidade de tolerar as imperfeições e erros e assim por diante. Corremos o risco de nos tornarmos uma sociedade entrópica.

Não estou pregando com isso uma parada definitiva, mas uma pequena pausa. Pausa para prestar atenção a si mesmo e tudo que está a seu redor. Pausa para observar o seu próprio ritmo e as concessões que tem feito em detrimento de sua felicidade. Pausa para perceber a importância da atividade que executa, pois é comum agir sem prestar atenção a isso.

Lembrando o clássico filme de Charles Chaplin - Tempos Modernos, o automatismo e a alienação ainda são fatores de grande preocupação para os estudiosos do comportamento no ambiente profissional.

Procure destinar um tempo para si mesmo com ações simples como ler um livro que não tenha relação com seu trabalho ou negócios. Talvez seja difícil no início pela falta de hábito, mas depois você encontrará temas divertidos e que trarão uma nova forma de ver a vida.

Vá ao cinema, teatro ou espetáculo musical sem ficar analisando as possíveis imperfeições da obra. Desfrute do momento. Faça mais o que gosta, assista e ouça aquilo que lhe dá prazer. Mesmo que seja sozinho.

Aliás, busque ter um momento só seu. Escolha um lugar que gosta e procure ficar em silêncio por aproximadamente cinco a dez minutos. Com o tempo aumente para quinze, vinte até trinta minutos. No início faça isso duas a três vezes por semana, depois aumente gradativamente. É para não fazer nada. Aliviar a mente. Meditar.

Matricule-se em cursos que tragam uma experiência diversa da que possui hoje. Além de aprender coisas novas você também conhecerá pessoas diferentes. Quem sabe descobre uma nova competência? Tenho um amigo que trabalhava em uma grande instituição financeira e sempre guardou um tempo para estudar e apreciar vinhos. Quando se aposentou tornou esta prazerosa atividade em um hobby profissional. Hoje faz palestras sobre o tema.

Lembre-se a vida é para ser vivida em todas as suas dimensões (profissional, pessoal, familiar, social etc.). Não tempos tempo para corrigir o passado, por isso nos resta o momento presente para tornarmos o futuro que queremos no melhor possível

Sobre o Autor

Rogerio Martins é graduado em Psicologia (UNISANTOS) e possui Pós-Graduação em Recursos Humanos (Universidade Metodista de SP) e Psicodrama (ABPS).

Professor Universitário, Consultor de Empresas e Palestrante sobre os seguintes temas: comportamento profissional, liderança e gestão de pessoas, motivação e atitudes, marketing pessoal, administração do tempo, qualidade de vida, mundo corporativo, mudanças e recursos humanos.

Mais de vinte anos de atuação como profissional de consultoria e de recursos humanos nas seguintes empresas: Danone, Petybon, Tec Toy Brinquedos, SEBRAE, Tyco Electronics e Eletropaulo.

Presidente da Persona Consultoria & Eventos, empresa que atua desde 1996 no segmento de educação corporativa (palestras, cursos e treinamentos) e consultoria organizacional.

Escreve artigos para revistas, jornais e sites do Brasil e Portugal. Autor do livro "Reflexões do Mundo Corporativo" - Editora Scortecci.

Membro do Rotary Club de SP Santana (Distrito 4.430).

Site: http://www.rogeriomartins.com.br

(visite o site, deixe seu comentário (crítica, sugestão, opinião, pergunta etc) no formulário CONTATO, cite o código "ARTIGOS.COM" e receba gratuitamente o e-book "O Poder da Motivação - 30 dicas para o sucesso")


Artigos.com