Cirurgia de Pálpebras Macapá, Amapá

A cirurgia plástica de pálpebras pode, por fim, melhorar completamente o aspecto da face de uma pessoa. Desde apagar rugas até melhorar o aspecto total do olhar, o lifting de pálpebras pode dar o sentimento de juventude e ajudar uma pessoa a parecer revitalizada e rejuvenescida.

Sergicoco Sergipe Coco Ltda
(79) 211-4132
r D José Tomaz, 486
Aracaju, Sergipe
 
Francisco WP Almeida
(85) 283-2323
av Bezerra de Menezes, 267, Alagadico
Fortaleza, Ceará
 
Coco Nut
(51) 662-3005
r Almiro Dias Santána, 53, Santo Antônio da Patrulha
Santo Antonio da Patrulha, Rio Grande do Sul
 
Salim A Ubaiz
(17) 322-5933
pc Francisco Barreto, 41, Centro
Barretos, São Paulo
 
Roberto L Seben
(54) 261-2323
r Julio de Castilhos, 940, ap 405
Farroupilha, Rio Grande do Sul
 
Guilherme Mr Campos
(41) 242-1815
av Sete de Setembro, 5388, cj 1702, Alto Da Rua Xv
Curitiba, Paraná
 
Sidney Piubelli
(44) 532-1372
av João, 943
Moreira Sales, Paraná
 
Antônio Costa
(44) 224-2513
r Neo Alves Martins, 3415, sl 306, Zona 03
Maringá, Paraná
 
Bernardo Mota
(79) 224-2818
est Luzia, 905, Luzia
Aracaju, Sergipe
 
Patricia Sasano
(442) 264-1864
av D Pedro I, 137
Sarandi, Paraná
 

Cirurgia de Pálpebras

Visao Geral

É bem sabido que os sinais naturais da idade começam a surgir, na maioria das vezes, na região em volta dos olhos. Olheiras, pequenas linhas em volta dos olhos, bolsas debaixo dos olhos, pálpebras inchadas e descaídas e sobrancelhas também descaídas são pouco apresentáveis, fazendo com que uma aparência jovem desapareça. Felizmente, um lifting de pálpebras pode resolver o problema. Um lifting de pálpebras, também conhecido por blefaroplastia, é um procedimento cirúrgico praticado por um cirurgião estético qualificado. Basicamente, o procedimento envolve a remoção de qualquer excesso de pele circundante do olho. O resultado final de um lifting de pálpebras dá ao paciente uma aparência totalmente renovada: a vitalidade reaparece e o olhar parece mais novo, saudável e atento. As rugas desaparecem e o paciente ganha uma enorme auto-estima, uma vez que tem uma aparência melhor e se sente bem consigo mesmo.

Os olhos são uma característica importante: são parte do que uma pessoa usa para se expressar. Assim, os olhos que têm sinais de idade à sua volta podem não ser tão eficazes no que diz respeito à expressão. As rugas podem fazer com que uma pessoa pareça aborrecida ou zangada, quando na verdade não está, e podem também fazer com que uma pessoa pareça triste ou melancólica, quando na verdade está de bom humor. Fazer um lifting de pálpebras devolve a capacidade de comunicar correctamente.

A cirurgia plástica de pálpebras pode, por fim, melhorar completamente o aspecto da face de uma pessoa. Desde apagar rugas até melhorar o aspecto total do olhar, o lifting de pálpebras pode dar o sentimento de juventude e ajudar uma pessoa a parecer revitalizada e rejuvenescida. Pacientes de todas as idades optam por fazer uma cirurgia de pálpebras e este procedimento está aumentando cada vez mais em termos de popularidade.

Candidatos à Cirurgia de Pálpebras

Os candidatos à cirurgia de pálpebras variam quanto à idade. Para aqueles indivíduos que procuram ter defeitos naturais, ou de nascimento, reparados, o lifting de pálpebras pode ser aplicado nos mais novos. De facto, um lifting de pálpebras é um procedimento comum usado para restaurar a visão para um estado apropriado: se a visão periférica de uma pessoa estiver afetada por excesso de pele ou se as pálpebras estiverem muito descaídas causando problemas de visão, um cirurgião pode optar por fazer um lifting de pálpebras no paciente.

Aqueles que procuram reduzir os sinais ou sintomas de idade também podem optar por fazer um lifting de pálpebras. Uma vez que os sinais de idade se manifestam diferentemente em cada pessoa, um cirurgião estético qualificado estará disponível para aconselhar a pessoa se o lifting de pálpebras é apropriado para ela. A cirurgia plástica de pálpebras pode ser usada para corrigir defeitos, de modo que o olhar fique natural, e também o olhar triste fique remediado. O lifting de pálpebras pode dar aos olhos uma forma amendoada.

Essencialmente, os efeitos de um lifting de pálpebras giram em torno da elevação da pele circundante à área do olho em cerca de um centímetro. Olhando-se no espelho é possível imaginar o resultado: se a sobrancelha for elevada com o dedo cerca de um centímetro e se a área das bochechas também for elevado, o potencial paciente poderá ver a diferença significativa que um lifting de pálpebras pode fazer.

Qualquer que seja a idade que o potencial cliente possa ter, este deverá estar bem de saúde antes de iniciar qualquer procedimento, inclusive o lifting de pálpebras. Antes de iniciar qualquer processo, o cirurgião assegurar-se-á que o paciente não tem qualquer problema médico e irá dar-lhe instruções sobre o procedimento e seguimento do tratamento.

Pré-Requisitos de um Lifting de pálpebras

A pessoa que procura fazer um lifting de pálpebras irá necessitar de um cirurgião qualificado. Frequentemente, o paciente irá procurar um cirurgião óculo-plástico, um cirurgião especializado na cirurgia dos olhos. Em outras circunstâncias, alguns cirurgiões plásticos e otorrinolaringologistas podem fazer um lifting de pálpebras. Além disso, existem alguns oftalmologistas, cirurgiões orofaciais e até dermatologistas que estão treinados e qualificados para fazer um lifting de pálpebras. O mais importante é que o potencial paciente encontre um cirurgião com quem se sinta à vontade para falar. As qualificações de um cirurgião são normalmente fáceis de verificar.

Uma vez que o potencial paciente tenha encontrado dois ou três cirurgiões qualificados, o paciente deverá iniciar consultas com todos eles. O paciente deverá ter sempre mais do que a opinião de um cirurgião e não deverá ter receio de dizer ao cirurgião que tem consultas com outros médicos. O paciente tem o direito de ser sério no que diz respeito a um procedimento cirúrgico e também tem o direito a ter múltiplas opiniões, mesmo que sejam operações simples, tais como o lifting de pálpebras.

O potencial paciente pode tentar saber um pouco mais acerca do cirurgião na primeira consulta. O cirurgião fala sobre todas as questões acerca do lifting de pálpebras voluntariamente e abertamente? O cirurgião tem um carácter sociável e gentil? O cirurgião tem qualificações para executar um procedimento de tal envergadura? O cirurgião é informativo e não deixa margens de dúvidas? Estas são algumas das questões que o potencial paciente deve ter em conta num cirurgião estético, com o qual pretende trabalhar.

Questões Pré-operatórias

A primeira consulta é sempre importante. Permite, quer ao médico quer ao paciente, uma familiarização e dá tempo ao paciente para definir o que deseja em termos do lifting de pálpebras. O médico irá aconselhar o paciente se as suas expectativas são ou não razoáveis e se o lifting de pálpebras irá satisfazer as suas necessidades. Nesta consulta, o paciente irá ter também de relatar o seu histórico médico, uma vez que é muito importante para identificar condições pré-existentes e possíveis problemas com a medicação.

O médico irá aconselhar o paciente acerca do procedimento e do que irá ser feito. Além disso, o médico irá avaliar se o paciente está sendo realista com as suas expectativas – um lifting de pálpebras não é uma cura mágica e embora melhore o aspecto dramaticamente, não irá fazer enormes diferenças na vida do paciente. O médico irá avaliar os motivos do paciente para se assegurar que este tem uma boa compreensão do procedimento cirúrgico e quais os resultados esperados.

Se o paciente decidir fazer um lifting de pálpebras, então uma visita pré-operatória será marcada. Nesta altura, o paciente e o seu estado de saúde irão ser avaliados, e ainda serão dadas instruções acerca do dia do procedimento, quais as medicações que podem ser tomadas e quais as que se deve interromper, bem como as medidas de recuperação.

Cirurgia plástica de pálpebras

A cirurgia plástica de pálpebras pode ser praticada em meio ambulatório. Isto ajuda no sentido de reduzir custos hospitalares, particularmente se a cirurgia for praticada no consultório médico. No entanto, se o paciente tiver problemas de saúde significativos, a cirurgia poderá ter de ser feita no hospital, como medida preventiva. Frequentemente, o paciente irá ser anestesiado e será exigida a presença de alguém para o acompanhar a sua casa, assim que tiver acabado o tempo de recuperação.

Alguns cirurgiões não sedam completamente o paciente para realizar o lifting de pálpebras, mas lhe dão antes anestesia local. Esta opção será clarificada na primeira consulta ou na visita pré-operatória com o cirurgião. O paciente não precisa de se preocupar em sentir qualquer dor durante o processo, independentemente do tipo de anestesia.

Alguns cirurgiões fazem uma incisão para remover o excesso de pele na região circundante ao olho, enquanto outros cirurgiões começam a recorrer ao laser para efectuar a operação. Mais uma vez, é um assunto a ser tratado com o paciente antes de qualquer procedimento. Os benefícios da cirurgia a laser incluem menos sangramento e um tempo de cura mais rápido. Em ambos os casos, alguns pontos são exigidos e terão de ser removidos mais tarde. As pálpebras são cortadas, o excesso de pele é removido e então a pálpebra é reconstruída numa forma mais definida e firme. Dependendo das circunstâncias individuais de cada pessoa, partes da pálpebra inferior são removidas, as sobrancelhas podem ser definidas e as áreas inferiores do olho também podem ser reconstruídas.

A cirurgia estética de pálpebras só dura algumas horas, e o paciente tem alta depois de um certo tempo de recuperação. Podem ser receitados alguns antibióticos para eliminar a possibilidade de infecção, bem como alguns analgésicos para diminuir o desconforto da cirurgia.

Recuperação do Lifting de pálpebras

O paciente pode ficar chocado ao ver-se no espelho, imediatamente após a cirurgia plástica de pálpebras. Ao contrário do que a televisão mostra, quando o paciente já está deslumbrante após a cirurgia, na vida real o paciente poderá deparar-se com os seus olhos inchados, vermelhos e com alguns hematomas. Isto deve-se ao fato de a pele em volta dos olhos ser extremamente sensível. No entanto, o hematoma desaparece rapidamente, e o paciente irá ver que os seus olhos começam a ficar normais depois de dez a catorze dias. Usar óculos de sol permite ao paciente manter os seus olhos protegidos enquanto eles estão se recuperando, e também ajuda a esconder o inchaço e vermelhidão.

Ardor e algum desconforto são comuns na recuperação de um lifting de pálpebras. Mais uma vez, a pele em volta dos olhos é extremamente sensível, e pode facilmente inchar e dar a sensação de ardor após uma cirurgia deste gênero. Compressas frias ajudam a minimizar o inchaço do tecido em volta do olho e também atuam como um analgésico natural.

Finalmente, durante o processo de recuperação, o paciente pode notar alguma experiência de visão turva de tempos em tempos. De fato, é normal isso acontecer, pois os olhos foram irritados. A visão turva irá diminuir à medida que o processo de cura ocorra e não deve ser motivo de alarme.

Se forem prescritos analgésicos e/ou antibióticos ao paciente, este deverá tomar a medicação como foi indicada e até ao fim, salvo se o médico der outras indicações. Seguir as indicações do médico é vital para a cura e para a recuperação. Além disso, o paciente deverá discutir as suas capacidades de condução enquanto toma certos medicamentos e recupera do lifting de pálpebras. Alguns medicamentos são narcóticos e quando tomados são prejudiciais para a condução de veículos.

Riscos do Lifting de pálpebras

O paciente deve estar inteiramente consciente dos riscos associados a um procedimento cirúrgico. Há riscos associados a um lifting de pálpebras, mas a maior parte deles é controlável. Primeiro, há o risco de infecção, mas o cirurgião frequentemente prescreve um antibiótico para minimizar o seu desenvolvimento. Segundo, alguns medicamentos podem criar um sangramento excessivo; no entanto, o cirurgião irá aconselhar quais os medicamentos podem ser ou não tomados. Terceiro, há o risco de desfiguramento após um lifting de pálpebras. Enquanto na maioria dos casos os desfiguramentos são diminutos e desaparecem em poucos meses, outros no entanto podem não desaparecer. Isto é algo que deverá ser discutido com o cirurgião.

Se o paciente não tolera bem a anestesia, pode experimentar um período de vômitos após a cirurgia. Em alguns casos, alguns pacientes não toleram bem a anestesia e os seus corpos reagem, ficando enjoados. Estas náuseas são temporárias, e essa possibilidade deve ser discutida antes com o cirurgião.

A maior medida que um paciente pode tomar para minimizar os riscos associados a um lifting de pálpebras é ouvir tudo o que o médico diz e seguir todas as indicações à risca. Atenção, o médico não é apenas a pessoa que executa a cirurgia. Compete a ele também assegurar que o paciente permaneça saudável. Tomar toda a medicação e repousar após o procedimento cirúrgico são medidas importantes para a saúde de uma pessoa.

Custo do lifting de pálpebras

Os custos associados à cirurgia estética de pálpebras variam de paciente para paciente, de cirurgião para cirurgião, de procedimento para procedimento. O lifting de pálpebras pode custar de 1200 dólares até 4500 dólares ou mais (cerca de 2000 a 7200 reais). Os fatores que afectam o custo de uma cirurgia estética de pálpebras incluem se a cirurgia é feita no hospital ou não, o tipo de anestesia usada, o tipo de procedimento usado e quantas consultas médicas são efetuadas. Se o paciente tiver sorte, poderá encontrar um médico disposto a fazer um plano de pagamento para o procedimento.

Na maioria dos casos, porque os liftings de pálpebras são principalmente estéticos, o procedimento não é coberto pelo seguro. Então, o paciente ou terá de pagar a cirurgia estética em dinheiro ou financiar o procedimento. No entanto, se o lifting se realizar com o objetivo de melhorar ou reconstruir um defeito natural na vista, o procedimento poderá ser coberto pelo seguro. No final, em regra, o paciente ficará responsável por contactar a companhia de seguro, para determinar se o procedimento do lifting tem ou não cobertura.

No que diz respeito à cirurgia estética das pálpebras, é importante que o paciente considere as qualificações do cirurgião. Mais importante do que trazer a cirurgia a um custo mínimo, é preciso que o cirurgião tenha as qualificações e experiência para executar o procedimento de modo satisfatório para o paciente. Como resultado, as qualificações do médico devem ser consideradas prioritárias; as considerações dos custos devem ser secundárias.

Considerações finais

Um lifting de pálpebras ou uma blefaroplastia pode ser feito por diversas razões. Alguns pacientes sentem que os seus olhos parecem sempre cansados, mesmo quando estão bem acordados. Um lifting de pálpebras pode dar aos pacientes um olhar muito mais desperto. Além disso, alguns pacientes têm olhos que estão exageradamente inchados: um lifting de pálpebras remove o excesso de pele que torna este inchaço tão proeminente nos pacientes. Muitas vezes os pacientes queixam-se de olheiras e o lifting de pálpebras é o remédio apropriado. Alguns pacientes querem diminuir os sinais da idade, enquanto outros querem reparar defeitos de nascença ou defeitos nas pálpebras. Em alguns casos, as pálpebras descaem e causam ao paciente problemas de visão. Um lifting de pálpebras é o procedimento que pode remediar tais situações.

Qualquer que seja a razão para fazer um lifting de pálpebras, o paciente deve tomar todas as medidas para encontrar um cirurgião qualificado com quem trabalhar, alguém que esteja preparado para responder a todas as suas questões e alguém com quem se esteja verdadeiramente à vontade. Finalmente, a relação entre médico e paciente é crucial para o sucesso geral do procedimento lifting de pálpebras.

Obviamente, os liftings de pálpebras não são permanentes, ou seja, devido ao processo natural de envelhecimento, o paciente pode vir a ter de fazer novos liftings no futuro, de modo a manter uma relativa aparência jovial. Se o paciente encontra um médico com quem se sente à vontade, pode recorrer ao mesmo cirurgião para eventuais procedimentos. Consequentemente, a confiança de uma pessoa no médico vai longe – médico e paciente irão precisar desenvolver uma relação de longo prazo