Cirurgia Oftalmológica LASIK São Paulo, São Paulo

Com os constantes avanços da tecnologia, o que hoje é atual rapidamente se torna obsoleto. Uma das áreas de vanguarda desta tecnologia de ponta é a médica. Os óculos e lentes de contato, até agora considerados acessórios comuns, estão sendo rapidamente substituídos por estes novos avanços tecnológicos, devido também à cirurgia oftalmológica LASIK.

Ricardo Manoel de Oliveira
(11) 3065-0800
Av. Brasil 1150
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Arturo Frick Carpes
(11) 5573-1970
Alameda dos Nhambiquaras 159.
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Cirurgia Cranio-Maxilo-Facial

Dados Divulgados por
Wu Chi Haur
(11) 3209-0112
Praça Santo Agostinho 70 - Conjunto 11
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Medicina Preventiva e Social

Dados Divulgados por
Clarissa Peric de Freitas
(11) 5084-7432
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Medicina de Família e Comunidade

Dados Divulgados por
Oduvaldo Goes
(11) 3069-7193
R.Dr.Ovídio Piresa de Campos 225 - Vigilância Sanitária
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Administração em Saúde

Dados Divulgados por
Cleber Sartorio
(11) 8358-6556
Rua Joquim Felicio 146 - 13 B
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Medicina Preventiva e Social

Dados Divulgados por
Karen Martins Sola
(11) 2109-3791
Av. Nova Cantareira 3659
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Medicina Intensiva

Dados Divulgados por
Carlos Eugenio Ventura Lopes
(11) 3707-1188
Rua Joaquim Floriano 72 - 15 Andar
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
George Stojkow
(11) 5096-0140
Rua Casa do Ator 764
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Elkis Furlanetto Ct Diag An Clin
Av. Angelica 2250
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Medicina Nuclear

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Cirurgia Oftalmológica LASIK

Considerações Gerais

Com os constantes avanços da tecnologia, o que hoje é atual rapidamente se torna obsoleto. Uma das áreas de vanguarda desta tecnologia de ponta é a médica. Os óculos e lentes de contato, até agora considerados acessórios comuns, estão sendo rapidamente substituídos por estes novos avanços tecnológicos, devido também à cirurgia oftalmológica LASIK.

Apesar de não ser o procedimento aconselhado para todas as pessoas, a cirurgia LASIK destina-se a reduzir, se não a eliminar completamente, a necessidade de utilização de lentes de contato e/ou óculos. LASIK é um acrónimo da expressão “Laser-Assisted In Situ Keratomileusis". In Situ é uma expressão latina que significa não removido, e Keratomileusis refere-se à reestruturação da córnea. Esta é, basicamente, uma cirurgia que utiliza um tipo particular de laser para mudar permanentemente o formato da córnea, alterando, assim, a visão da pessoa operada.

Existem tipos diferentes de problemas de visão, com diferentes níveis de gravidade. Estes problemas podem levar a pessoa afetada a escolher uma solução permanente, como por exemplo, a cirurgia oftalmológica, e em particular a cirurgia LASIK. A miopia, a hipermetropia e o astigmatismo são problemas comuns de visão. Por vezes, a miopia e a hipermetropia podem coexistir com o astigmatismo. Normalmente, as lentes de contato e os óculos oferecem uma solução rápida mas temporária para um problema muito frustrante. A visão é boa com elas/eles colocados, mas logo que se retiram, esta fica turva e desfocada. Tanto os óculos como as lentes de contato são soluções meramente temporárias, destinadas a compensar aquilo que os olhos não são capazes de fazer. As graduações podem mudar com o tempo. A cirurgia LASIK é uma solução alternativa que pode oferecer resultados permanentes.

Requisitos Obrigatórios

Como para qualquer procedimento médico, nem todas as pessoas podem submeter-se à cirurgia LASIK. Algumas podem ser candidatos perfeitos enquanto outras poderão ter que discutir o seu caso com o seu médico e com o cirurgião oftalmológico. Outras poderão nem ser consideradas elegíveis para a cirurgia. Basicamente, para determinar a sua elegibilidade, é essencial que converse com o seu oftalmologista para avaliar se a cirurgia oftalmológica LASIK é uma opção.

Os requisitos básicos para esta cirurgia são simples. Primeiro, é preciso ser maior de 18 anos; alguns médicos podem inclusive ter um limite mínimo de 21. Obviamente, é preciso ter os olhos limpos de qualquer infecção, doença ou outra condição que possa afetar adversamente o resultado positivo do procedimento. Além disso, não decida fazer a cirurgia se estiver grávida ou a amamentar, uma vez que estes hormônios podem afetar-lhe a visão. Também é obrigatório ter mantido a actual graduação por um período mínimo de 12 meses antes da cirurgia. Além disso, você não será elegível para a cirurgia oftalmológica LASIK se tiver uma doença, como por exemplo, uma doença auto-imune, que possa afectar a recuperação pós-cirúrgica. Mesmo que cumpra com estes requisitos básicos, ainda assim você poderá não ser um candidato ideal para a cirurgia LASIK. Como com qualquer cirurgia, há muitos fatores que devem ser considerados.

De modo a ser considerado um candidato “perfeito” para a cirurgia LASIK, existem ainda outras exigências: deve ter mantido a graduação dos seus óculos e/ou lentes de contacto por um período mínimo de 24 meses; a grossura da sua córnea deve ser suficiente para permitir ao médico a criação de uma aba. Além disso, os seus problemas de visão devem ser relativamente simples, tais como miopia, hipermetropia, astigmatismo ou uma combinação de um dos primeiros com o segundo.

Se você está interessado na cirurgia LASIK, e preenche todos estes requesitos, converse com o seu oftalmologista. Contudo, se tal não acontecer, considere uma opção alternativa. O procedimento LASIK não é ideal para todos. Existem outros tratamentos e o seu oftalmologista poderá ajudá-lo a encontrar o procedimento mais apropriado.

O Procedimento Cirúrgico

A cirurgia oftalmológica LASIK é muito semelhante a outras cirurgias. Existe uma avaliação, uma preparação para a cirurgia, o procedimento cirúrgico e o exame pós-operatório. Cada parte é tão essencial quanto a que a antecedeu e a que a seguirá. É muito importante seguir todas as instruções do seu médico para cada etapa, de forma a obter os melhores resultados com o menor número de complicações.

Antes de se submeter à cirurgia e mesmo antes da sua avaliação inicial, o seu médico assistente dar-lhe-á algumas instruções sobre como preparar os seus olhos, e principalmente as suas córneas. Se você usa lentes de contato, ele também lhe dirá para parar de as usar e para as substituir por óculos durante um mínimo de 4 semanas. As lentes alteram o formato da córnea e é necessário deixar que esta retome a sua forma inicial antes da cirurgia. Também é essencial que você deixe de colocar maquiagem nos olhos, cremes ou loções para o rosto, perfumes ou laca 24 horas antes da cirurgia.

Esta é uma cirurgia que não exige internamento. O procedimento em si dura aproximadamente 30 minutos, quinze minutos para cada olho. Assim, é importante que você providencie transporte para casa, uma vez que os seus olhos vão estar em recuperação e, obviamente, fora de ação durante algum tempo. O cirurgião começa por dizer-lhe para se sentar numa cadeira inclinada, passando depois a anestesiar-lhe o(s) olho(s) e a limpar a área circundante. Um instrumento médico, chamado espéculo de pálpebra, é então posicionado para manter as suas pálpebras abertas durante a operação. Será pedido que você fixe o olhar numa luz, de forma a manter os seus olhos imóveis. Em seguida, o médico utiliza um laser frio para cortar uma aba nas camadas exteriores da sua córnea, acedendo assim às camadas inferiores. O passo seguinte é usar outro laser frio para retirar ou refazer outras camadas córneas, resolvendo assim os seus problemas específicos de visão. Após esse procedimento, o cirurgião reposiciona a aba e entrega-lhe protectores oculares que deve usar para proteger a sua córnea até que esteja recuperada. No final, e após lhe serem dadas as devidas recomendações de cuidados para o período pós-operatório, é-lhe dada alta para que você volte para casa.

Recuperação

Apesar desta cirurgia oftalmológica sem indolor e só envolver sensações de alguma pressão e desconforto, você pode sentir alguma dor no pós-operatório. Por outro lado, você poderá notar, quase de imediato, algumas melhorias na sua visão. Se a dor for intensa, o seu cirurgião pode receitar-lhe um analgésico leve. Normalmente, o único desconforto que ocorre é comichão ou sensação de queimadura que faz com que você queira esfregar os olhos. Não o faça. Isso pode fazer com que a aba córnea se desloque, causando complicações desnecessárias. Pode acontecer outros sintomas para além do desconforto, tais como pontos luminosos ou vermelhidão. Todos melhoram com o tempo.

Marque uma consulta com o seu cirurgião nos primeiros dois dias após a cirurgia. Nessa consulta, o médico fará um exame oftalmológico para determinar a melhoria da sua visão e para verificar a existência de possíveis efeitos secundários e infecções. A partir daí, você deve marcar as consultas de acompanhamento segundo as indicações do seu médico.

Num período de seis meses, a sua visão deve ser constante. Todos os sintomas do período pós-operatório devem ter desaparecido completamente e a sua visão deve ter melhorado significativamente. Pode não acontecer a visão 100%, mas você não necessitará tanto de óculos ou lentes de contato.

Benefícios da Cirurgia Oftalmológica LASIK

A cirurgia LASIK é somente uma entre muitas opções para correção da visão. Existem os métodos temporários mais comuns, como os óculos e as lentes de contato e os mais permanentes, como a cirurgia corretiva ou outras cirurgias a lazer. Algumas destas opções, como os óculos e as lentes, oferecem resultados rápidos a custos baixos. Contudo, outras opções, como a cirurgia oftalmológica LASIK, oferecem resultados permanentes que compensam os custos.

Esta cirurgia é indolor e é realizada numa tarde, normalmente em menos de uma hora. O paciente entra e sai, com resultados imediatos. Além disso, o desconforto inicial é bastante menor que o de outros procedimentos. A cirurgia oftalmológica LASIK pode também alterar até os problemas de visão mais severos.

A maior parte das pessoas interessadas na cirurgia LASIK cumpre os requisitos de elegibilidade e sente muito menos efeitos secundários que com outros procedimentos. Esta cirurgia é comum e como tal, muitos cirurgiões oftalmológicos são capazes de a realizar com segurança. Além de ter taxas baixas de ocorrência de riscos e complicações, a cirurgia LASIK é uma das poucas cirurgias oftalmológicas que podem ser realizadas mais do que uma vez, se necessário.

O benefício máximo da cirurgia LASIK é a melhoria de visão. A maior parte das pessoas operadas com a tecnologia LASIK deixam de usar óculos ou lentes de contato. São capazes de ver sem auxílio. Normalmente, a melhoria de visão é permanente. A cirurgia oftalmológica LASIK é rápida, indolor e de relativamente fácil recuperação.

Riscos e Complicações

Tal como com qualquer procedimento médico, existem riscos e possíveis complicações na cirurgia oftalmológica LASIK. Os efeitos secundários mais comuns incluem secura dos olhos, ver pontos brilhantes e / ou aros à volta das luzes e ter sensibilidade à luz. Os efeitos secundários mais extremos incluem danificação da córnea, tal como cicatrizes ou inflamação, falta de tonicidade das pálpebras, desconforto e dor contínuas e até visão mais turva e desfocada.

Apesar de alguns efeitos secundários serem ligeiros, outros podem exigir mais tratamentos, ou até mesmo uma nova cirurgia LASIK. Se tiver ocorrido danificação da córnea, o problema pode ser permanente. Contudo, riscos desta magnitude são muito raros. A complicação mais rara de todas é a deterioração da visão que ocorre em aproximadamente em 1% de pacientes.