Bacteriologistas São Paulo, São Paulo

Encontre Bacteriologistas em São Paulo. Aproveite para saber mais sobre o assunto lendo nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre o mesmo.

Rafael Andrade Moscatiello
(11) 5532-1342
Av. dos Bandeirantes 3426 - Campo Belo
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Medicina de Família e Comunidade

Dados Divulgados por
Hiran Rodrigues de Souza Junior
(11) 3348-4000
Av. Lins de Vasconcelos 356
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Medicina Intensiva

Dados Divulgados por
Luciana Campos Nascimento
(11) 9114-6454
Rua Dr. Veiga Filho 351 - Cj. 181
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Medicina Legal

Dados Divulgados por
Terry Rocha de Medeiros
5052-1087
Avenida República do Líbano 2123
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Medicina Estetica

Dados Divulgados por
Elkis Furlanetto Ct Diag An Clin
Av. Angelica 2250
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Medicina Nuclear

Dados Divulgados por
Maykyol Avaroma Melgar
(11) 2029-7222
Rua Terenas 161
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Medicina Intensiva

Dados Divulgados por
Mauro Fisberg
(11) 5575-3875
Rua Borges Lagoa 1080 - 603
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Karen Martins Sola
(11) 2109-3791
Av. Nova Cantareira 3659
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Medicina Intensiva

Dados Divulgados por
Arturo Frick Carpes
(11) 5573-1970
Alameda dos Nhambiquaras 159.
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Cirurgia Cranio-Maxilo-Facial

Dados Divulgados por
Claudio Pericles
+55 11 26453092
Av. Eng. Luiz Carlos Berrini 1297/ 61
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Administração em Saúde

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Bacteriologistas

Fornecido por:

Além do uso de máscaras, outro hábito tem recebido atenção nos países em que a gripe suína já faz vítimas: lavar as mãos com mais freqüência. Um estudo realizado por pesquisadores do Hospital das Clínicas de Geneva, na Suíça, indica que o vírus que transmite a gripe consegue sobreviver até 17 dias em notas de papel moeda. Para que isso aconteça, basta que o microorganismo esteja envolto em restos de muco (que podem ter passado ao dinheiro pela saliva, por exemplo).

Nas análises, os cientistas conseguiram atestar a resistência de uma variante comum do vírus influenza (e não daquela que assusta o mundo, causando a gripe suína). A contaminação aconteceria se uma pessoa saudável tocasse uma nota infestada pelo vírus (presente no muco) e levasse as mãos sujas nas proximidades da boca ou do nariz.

Mas não é de hoje que os especialistas alertam para os cuidados com a higiene no manuseio das notas. Um estudo no início da década de 1990 identificou microorganismos...

Clique aqui para ler este artigo no Minha Vida