Aprendo a estimular a memória São Paulo, São Paulo

Aprenda dicas de estimulos para sempre ter uma boa memória. Cerca de 10% das pessoas com 65 anos ou mais têm perda de memória leve, e aproximadamente 15% delas desenvolvem doença de Alzheimer a cada ano. A nutrição adequada e mudanças no estilo de vida, inclusive exercícios físicos e mentais podem contribuir bastante com o bom funcionamento do cérebro.

Carlos Henrique Froner Souza Goes
(11) 3845-0050
Rua Afonso Bras 579 - Cj. 11 / 13
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Cirurgia Plástica

Dados Divulgados por
Nelio Watanabe Aguilera
(11) 2589-3333
R. Barata Ribeiro 490 - Cj 105
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Cirurgia Plástica

Dados Divulgados por
Silvio Frizzo Ognibene
55 11 30854784
AV. REBOUÇAS353 CJ. 61/62
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Cirurgia Plástica

Dados Divulgados por
Antonio Mauricio Rodrigues de Souza
115-5394
Dr. Diogo de Faria 55 - Cj. 42
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Cirurgia Plástica

Dados Divulgados por
Joao Tenorio Lins Filho
(11) 3666-7170
Avenida Pacaembu 746 - Proximo Metro Marechal
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Cirurgia Plástica

Dados Divulgados por
Sidney Zanasi Junior
(11) 2221-0408
Av. Gen. Ataliba Leonel 93
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Cirurgia Plástica

Dados Divulgados por
Fabio Ezo Aki
R Potiguar Medeiros 111
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Cirurgia Plástica

Dados Divulgados por
Luciana Leonel Pepino
(11) 3285-6412
Rua Itapeva 202 - Conj. 126 À 129
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Cirurgia Plástica

Dados Divulgados por
Milton E.F.L. Rocha
(11) 3082-8840
Rua Teodoro Sampaio 352 (Cj.32) Pinheiros
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Cirurgia Plástica

Dados Divulgados por
Roberto Stefanelli
(11) 2295-6244
Cantagalo 692 - Cj. 1012
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Cirurgia Plástica

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Aprendo a estimular a memória

A memória é algo que nos acompanha como grande e importante aliada! Recados, telefones, compromissos dentre outras coisas devem ser lembradas. Quem é que nunca se atrasou para algum compromisso por ter se esquecido do horário do mesmo? Pois então, memória é importante ou não? E sua memória, caro leitor, como anda? Você está precisando amarrar fitinhas no dedo?

Cerca de 10% das pessoas com 65 anos ou mais têm perda de memória leve, e aproximadamente 15% delas desenvolvem doença de Alzheimer a cada ano.

Alguns anos atrás a memória ruim era tida como coisa de idoso, hoje e a cada dia mais este problema vem acometendo até mesmo os adolescentes, ou pelo excesso de atividades ou pela alimentação pobre em nutrientes.

Podemos aliar ás anotações da agenda a uma alimentação saudável e a prática de atividade fisica, desta forma estaremos dando um grande apoio a nossa memória.

Com o passar dos anos, as células do cérebro sofrem ação dos radicais livres que por sua vez levam a diminuição no ritmo de produção de energia, desta forma, a ação do neurônios fica comprometida e como conseqüência provocam o desaparecimento das sinapses e também reduz a capacidade de comunicação entre as células e prejudicando o funcionamento mental.

A exposição aos radicais livres provoca a destruição dos neurônios, desta forma o risco de desenvolvimento de doenças, como o Alzheimer, Parkinson entre outras ficam aumentados. Mas a alimentação pode vir em auxilio fornecendo antioxidantes que combatem os radicais livres.

A nutrição adequada e mudanças no estilo de vida, inclusive exercícios físicos e mentais podem contribuir bastante com o bom funcionamento do cérebro, além de facilitar a captação dos neurotransmissores essênciais a memória.

Alimentos Amigos da Memoria

Oleaginosas - castanhas, nozes, amêndoas, avelãs, amendoim. Possuem vitamina E e selênio e também é fonte de antioxidantes.

Gema de ovo – contém colina, precursor do neurotransmissor acetilcolina, que pode melhorar a memória. Sua deficiência parece estar associada à doença de Alzheimer, causa comum de demência.

Peixes – os de água fria, como: salmão, anchova, sardinha, atum e arenque, são excelentes fontes de ômega 3 um poderoso antioxidante.

Frutas e vegetais amarelos – Mamão, manga, pêssego, cenoura, abóbora. São alimentos fontes de betacaroteno, antioxidante que combate o envelhecimento celular.

Frutas vermelhas - Morango, cereja, framboesa, amora, pitanga, melancia e tomate, também possuem pigmentos antioxidantes que combate os radicais livres e ajudam a memória.

Carnes, aves, grãos integrais, leguminosas, leite e derivados - Estes alimentos são fontes de vitaminas do complexo B. Ajudam a regular a transmissão entre os neurônios. Na carne vermelha você encontra também o ferro que pode colaborar com a boa memória.

Alimentação saudável e diversificada é garantia de boa memória!!!

Izaara Alvarenga

Nutricionista

Clique aqui para ler este artigo na WebArtigos.com