Aprendendo técnicas para manter uma voz bonita São Paulo, São Paulo

Aprenda super dicas de como manter uma voz bonita e saudável no artigo abaixo. Com o tempo, a voz dos professores vai sofrendo alterações em razão ao alto volume em que estes profissionais têm que falar em sala de aula. Rouquidão e calos (ou nódulos) aparecem e acabam por prejudicar não só a saúde, como também o desempenho do profissional.

Suzy Anne Tavares Vieira
(11) 3289-8908
Rua Peixoto Gomide 515 - Cj 151
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Cirurgia Plástica

Dados Divulgados por
Antonio Luiz Passaro
(11) 3251-1288
Praca Amadeu Amaral 47 - 47
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Cirurgia Plástica

Dados Divulgados por
Dimas Andre Milcheski
(55) 5574-0624
Rua Borges Lagoa 1080 - Cj 1408
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Cirurgia Plástica

Dados Divulgados por
Julio Cezar Viola
Rua Capitao MOR ROQUE BARRETO - 47
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Cirurgia Plástica

Dados Divulgados por
Roberto Stefanelli
(11) 2295-6244
Cantagalo 692 - Cj. 1012
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Cirurgia Plástica

Dados Divulgados por
Garabet Karabachian Neto
(11) 3885-1534
Alameda Joaquim Eugenio de Lima 1387
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Cirurgia Plástica

Dados Divulgados por
Moris Anger
Rua Ministro Godoy 445
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Cirurgia Plástica

Dados Divulgados por
Luciana Leonel Pepino
(11) 3285-6412
Rua Itapeva 202 - Conj. 126 À 129
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Cirurgia Plástica

Dados Divulgados por
Carlos Henrique Froner Souza Goes
(11) 3845-0050
Rua Afonso Bras 579 - Cj. 11 / 13
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Cirurgia Plástica

Dados Divulgados por
Milton E.F.L. Rocha
(11) 3082-8840
Rua Teodoro Sampaio 352 (Cj.32) Pinheiros
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Cirurgia Plástica

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Aprendendo técnicas para manter uma voz bonita



Rouquidão e calos prejudicam a saúde e o desempenho do profissional Ser professor é uma profissão de muita responsabilidade e de grande admiração, afinal, transmitir conhecimento, formar cidadãos é uma tarefa nada fácil e que exige muita dedicação. Todo reconhecimento não adianta, pois ninguém se atenta aos problemas que surgem na arte de lecionar.

Com o tempo, a voz dos professores vai sofrendo alterações em razão ao alto volume em que estes profissionais têm que falar em sala de aula. Rouquidão e calos (ou nódulos) aparecem e acabam por prejudicar não só a saúde, como também o desempenho do profissional.

Segundo Lucimara Mota, pós-graduanda em Educação a Distância e Revisão de texto, professora e revisora do Portal Educação , a perda da voz era uma constante com fortes dores de gargantas. “Há três anos criei o hábito de tomar bastante água durante as aulas. Esta hidroterapia minimizou as dores e a perda de voz”, ressalta Lucimara.

Confira algumas dicas para cuidar da voz:

• Utilize um aparelho de amplificação sonora (amplificador);
• Substitua o giz pelo pincel de cor;
• Tome bastante água no momento da aula;
• Evite tomar café e derivados do leite antes da aula;
• E o principal, não fume.
Fonte: Portal Educação

Clique aqui para ler este artigo na Portal Fonoaudiologia