Aprenda exercícios para a memória São Paulo, São Paulo

Dentre os vários métodos de exercitar a memória,vamos exemplicar o exercício através de um ponto de lembrança e o Jogo da Visão Periférica.Aliás, a melhor forma é exercitar-se brincando.Aprenda a tocar um instrumento musical, faça palavras-cruzadas no ônibus, escolha uma música que você gosta e aprenda a letra.

Haggeas Fernandes
(11) 9994-8978
Av Morumbi 627 - Quinto Andar
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Medicina Intensiva

Dados Divulgados por
Clarissa Peric de Freitas
(11) 5084-7432
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Medicina de Família e Comunidade

Dados Divulgados por
Elkis Furlanetto Ct Diag An Clin
Av. Angelica 2250
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Medicina Nuclear

Dados Divulgados por
Masayuki Nakagawa Junior
(11) 3078-0716
Rua Tabapuã 821 - Cj 66
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Administração em Saúde

Dados Divulgados por
Fernando Luiz Morales Novaes
(11) 2063-7769
Avenida Nazare 1619/1621. Ipiranga
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Medicina de Tráfego

Dados Divulgados por
Terry Rocha de Medeiros
5052-1087
Avenida República do Líbano 2123
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Medicina Estetica

Dados Divulgados por
Mauro Fisberg
(11) 5575-3875
Rua Borges Lagoa 1080 - 603
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Rita Kaarkoski
36751211
Rua Cardoso de Almeida 1991
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Paulo Engler Pinto Jr.
(11) 3081-9791
Rua Cacapava 49 - Cj. 34
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Marcio Henrique de Oliveira Mattos
(11) 3965-2783
R Luis Vasconcelos 35
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Aprenda exercícios para a memória

Exercitar regularmente a memória reduz o risco de Alzheimer, depressão e brigas conjugais com separações litigiosas. E apesar destes e de vários outros benefícios, a maioria de nós trata a memória com desleixo. É quase como se não nos lembrássemos dela. Uma tristeza. Mas você pode começar a reverter isso ainda hoje, utilizando as 3 dicas a seguir.

RECONSTRUA A MEMÓRIA.

Casal saindo do cinema, chove um dilúvio. Param ao lado do carro.

ELE: me passa as chaves, rápido.

ELA: Estavam aqui... - meio braço dentro da bolsa.

ELE: Você perdeu? - tenta cobrir a cabeça com a gola da blusa para se proteger da chuva. Desiste quando vê o tamanho da barriga que ficou de fora.

ELA: É, parece que sim... - e chove.

ELE: Essa sua bolsa... !

ELA: Calma, calma, a gente encontra. - e chove mais.

ELE: Pelo menos você lembra onde perdeu? - ambos ensopados.

ELA: Não... hum, não ficaram com você?

ELE: palpa-se e resmunga alguma coisa em mandarim enquanto tira as chaves que estavam o tempo todo esquecidas no bolso da calça.

Primeiro: ora, se você "lembra" onde perdeu, não perdeu coisa alguma. Segundo: quando achar que esqueceu algo, respire fundo e reconstrua sua memória, seguindo as pistas daquela informação na sua mente. Onde você estava no princípio, com quem, fazendo o quê? A informação está lá, à sua espera. Escondida, não perdida. Insista!

UTILIZE MAIS SENTIDOS.

Ao receber uma informação importante (o nome de alguém ou um compromisso, por exemplo), repita em voz alta ou escreva em um papel.

Outro recurso valioso é criar um Ponto de Lembrança. Por exemplo, se lhe passarem uma data por telefone e você não tiver onde anotá-la, crie um Ponto de Lembrança levantando-se e dando três pulinhos em um só pé, enquanto canta a data em voz alta. Se você estiver em um local público, o efeito é ainda melhor: daí em diante, sempre que você recordar a vergonha que passou, a bendita data irá surgir na sua mente feito um letreiro luminoso.

EXERCITE-SE BRINCANDO

Aprenda a tocar um instrumento musical, faça palavras-cruzadas no ônibus, escolha uma música que você gosta e aprenda a letra... Estas e outras atividades são úteis para manter o cérebro afiado e sempre pronto para processar novas informações.

Um exercício mental bastante útil - e que você pode fazer até mesmo no trabalho -, é o Jogo da Visão Periférica. Além de treinar sua memória, este teste passa a impressão que você está completamente absorto em seu serviço e não à toa de fato.

Funciona assim: durante 10 segundos, concentre sua visão em um ponto fixo à sua frente (a tela do computador ou a garrafa de café, por exemplo), mas procure prestar atenção também ao que está no seu campo de visão periférica. Não trapaceie, não vire o rosto nem desvie os olhos do objeto que fixou inicialmente. Passados os 10 segundos, faça uma lista de tudo que você viu. E então repita o procedimento, tentando adicionar mais itens à sua lista.

Gradualmente, você pode aumentar o nível de dificuldade: sente-se em outro lugar ou peça para um colega adicionar objetos ao ambiente sem que você perceba (um grampeador, um arranjo de flores, uma manada de Zebus, etc). Quando estiver dominando a técnica da Visão Periférica, organize um campeonato com os colegas e garanta sua diversão para o resto do dia. Ah, sim, e não se esqueça: o jogo termina assim que a palavra "Chefe" surgir na lista de um dos participantes.

Sobre o Autor

Dr. Alessandro Loiola é médico, palestrante e escritor, autor de PARA ALÉM DA JUVENTUDE – GUIA PARA UMA MATURIDADE SAUDÁVEL (Ed. Leitura, 496 pág.) e VIDA E SAÚDE DA CRIANÇA (Ed. Natureza, 430 pág.). Atualmente reside e clinica em Belo Horizonte, Minas Gerais.

Artigos.com