Aprenda a lutar, Sempre Lutar! São Paulo, São Paulo

Para vencermos na vida é necessário lutar e acreditar no futuro!Muitas vezes passamos por momentos de desânimo,dificuldades,sentimento de derrota...mas é necessário superar e erguer-se diante dos obstáculos!A Vida pode abater e ferir aos que a desafiam, mas é preferível ser abatido,ferido e vencer do que tornar-se um fracassado.

Ana Claudia Montezino
(11) 3285-2685
R. Carlos Sampaio 304 cj.112
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Terry Rocha de Medeiros
5052-1087
Avenida República do Líbano 2123
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Medicina Estetica

Dados Divulgados por
Arturo Frick Carpes
(11) 5573-1970
Alameda dos Nhambiquaras 159.
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Cirurgia Cranio-Maxilo-Facial

Dados Divulgados por
Ivan Fernandes da Silva
(11) 3283-5233
Paulista 509 - Cj. 1107
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Wu Chi Haur
(11) 3209-0112
Praça Santo Agostinho 70 - Conjunto 11
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Medicina Preventiva e Social

Dados Divulgados por
Masayuki Nakagawa Junior
(11) 3078-0716
Rua Tabapuã 821 - Cj 66
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Administração em Saúde

Dados Divulgados por
Gisele Cristine Teixeira Barbosa
(11) 3081-5973
Rua Rubião Meira 42
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Medicina Estetica

Dados Divulgados por
Haggeas Fernandes
(11) 9994-8978
Av Morumbi 627 - Quinto Andar
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Medicina Intensiva

Dados Divulgados por
Luiz Eduardo Vitagliano
(11) 3505-2012
R. Maestro Cardim 769 - Bloco 2 Audit. Interna
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Administração em Saúde

Dados Divulgados por
George Stojkow
(11) 5096-0140
Rua Casa do Ator 764
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Aprenda a lutar, Sempre Lutar!

Lutar Sempre Lutar

Lutar, sempre lutar. Por quê?

A vida significa movimento constante, evolução, quem não se esforça degrada-se.

A característica de nossa época é o desânimo, a desorientação em que vive o homem. Decepcionado com tudo e com todos o homem sofre e a cada dia se desorienta mais. Mesmo estando envolvido em sua atividade social, a sua vida é marcada pela decepção, desorientação, desilusão.

De modo geral apresenta falta de ânimo para a vida, reage pouco aos estímulos do mundo, desatento, sem alegria, pois perdeu o estado de saúde mental que nos faz confiar nos seres, nas coisas, no otimismo, perdeu a fé. Para ele nada vale a pena e vive a margem da vida sem se importar.

A seleção natural não tolera indivíduos de segunda ordem. A Vida pode abater e ferir aos que a desafiam, mas é preferível ser abatido e ferido por que não há mais lugar para os indolentes, covardes e os fracos. Só existe um caminho, a luta. Mas a grande maioria ainda duvida, mergulhada em superstição, dúvida, dogma, medo e sem ânimo resiste ao chamado.

Quando o homem alcança a fase do espírito pelo esclarecimento, percebe que o bem estar da coletividade, depende do indivíduo. A consciência ensina o que é certo, a razão o que é útil, a vontade nos leva adiante. Somente pelo conhecimento poderemos mudar efetivamente o curso de nossa vida. A ignorância significa morte, servidão, enquanto o conhecimento significa vida, liberdade.

Enquanto o homem acreditar num tipo de Deus que atende seus desejos e que muda de idéia a seu pedido, que vai resolver seus problemas, que gosta de bajulação, há de pensar que esse Deus há de lutar por ele, há de pensar que pode transgredir as leis para em seguida contrabalançar os atos imorais com atos de devoção.

Quando este tipo de fé em um Deus individualizado tiver desaparecido, quando se tornar universal a crença de que o homem é dono absoluto do seu destino, que pode construir seu próprio futuro, então falsas teorias de moral deixarão de desviá-lo. O desejo de ser bom se tornará instinto. As ilusões que serviram de muletas podem ser abandonadas. Ou o homem luta ou perece. A vida só ama os fortes.

É melhor morrer em pé do que viver de joelhos.

Sobre o Autor
Psicologia

Artigos.com