Alergistas São Paulo, São Paulo

Filhos de pais alérgicos têm 60% a mais de chances de desenvolverem alergias alimentares ou de origem respiratória. "É fundamental fazer alguns testes clínicos para identificar qual é a substância causadora da alergia", diz o pneumologista Dr. Mario Rossetti. Veja métodos para diminuir o desconforto causado pela alergia.

Maykyol Avaroma Melgar
(11) 2029-7222
Rua Terenas 161
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Medicina Intensiva

Dados Divulgados por
Elkis Furlanetto Ct Diag An Clin
Av. Angelica 2250
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Medicina Nuclear

Dados Divulgados por
Vanderley Alfredo Madeira da Fonseca
(11) 5542-9244
Jacucaim 104
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Luiz Eduardo Vitagliano
(11) 3505-2012
R. Maestro Cardim 769 - Bloco 2 Audit. Interna
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Administração em Saúde

Dados Divulgados por
Carlos Frederico Vergueiro
(11) 2333-9156
Av Abrahao Gonçalves Braga 412
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Ricardo Manoel de Oliveira
(11) 3065-0800
Av. Brasil 1150
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
George Stojkow
(11) 5096-0140
Rua Casa do Ator 764
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Rita Kaarkoski
36751211
Rua Cardoso de Almeida 1991
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Valdemiro de Souza Lima Júnior
(11) 2799-3381
Celso Garcia 2294
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Marcio Henrique de Oliveira Mattos
(11) 3965-2783
R Luis Vasconcelos 35
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Alergistas

Fornecido por:

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 35% dos brasileiros sofrem com algum tipo de intolerância a determinas substâncias. E a genética é determinante para o desencadeamento dos sintomas. Pesquisas comprovaram que, quando um dos pais é alérgico, a criança tem até 30% de chances de ter algum tipo de alergia, nos casos em que o pai e a mãe apresentam reações a possibilidade dobra.

De acordo com a médica Dra. Yolanda Schrank, do Lavoisier Medicina Diagnóstica, é importante ressaltar que as manifestações alérgicas podem se desenvolver em qualquer fase da vida e até mesmo em indivíduos sem histórico familiar. Basta para isso, que ele seja exposto a determinados alérgenos que ultrapasse o limite de tolerância de seu organismo.

Apesar de ser um mal comum, a alergia não é considerada uma doença, mas, sim, uma característica individual. No Brasil, os tipos mais comuns são as respiratórias, como asma (bronquite alérg...

Clique aqui para ler este artigo na Minha Vida